23 de jul de 2014

Nesta edição, o Fórum de Educação Ambiental trouxe ao público presente um rico debate sobre os múltiplos usos da água. A proposta foi apresentar o assunto por diferentes olhares e diversas maneiras - com palestras, roda de conversas, dinâmicas, filmes, imagens, apresentações de projetos socioambientais e trocas de experiências. Mais de 200 pessoas, entre estudantes de universidades e de ensino médio, professores, técnicos e representantes de pescadores, agricultores, indígenas, de prefeituras, da Emater, de secretarias estaduais e municipais, participaram do evento no auditório da Escola Rural (Escola Estadual Ildefonso Simões Lopes), no dia 15 de julho. Alguns participantes vieram de diferentes municípios, como Lindolfo Collor, Torres, Três Cachoeiras, Mostardas, Palmares, Santo Antônio da Patrulha, Santa Maria, Novo Hamburgo e Balneário Pinhal.
O Fórum foi uma realização do Comitê de Gerenciamento da Bacia Hidrográfica do Rio Tramandaí e da Rede de Educação Ambiental do Litoral Norte-RS, com o apoio de entidades, como a Prefeitura de Osório, a Escola Rural e da 11ª Coordenadoria Regional de Educação. Conforme explanou na abertura do evento, o presidente do Comitê, Dilton de Castro, o Litoral Norte possui inúmeras lagoas, rios, e nascentes que  desaguam no Rio Tramandaí e precisam ser melhor preservadas. Águas de grande importância ambiental e utilizadas por toda a população litorânea.
Entrando na roda – Para prosseguir a conversa de forma mais dinâmica, o Fórum se transformou numa grande roda de saberes. O pescador de Imbé, Perceu Barbosa, observou que as águas eram mais limpas antigamente, mais cristalinas e mais produtivas. “Hoje as águas não são mais confiáveis”, comentou. Por sua vez, o pescador Paulo Matos, de Xangri-lá, também constatou que, apesar do mar ser imenso, peca na qualidade, pois há muito lixo, plásticos e derramamento de petróleo, prejudicando o trabalho dos pescadores profissionais e o meio ambiente. Para o professor indígena Sérgio Gimenes, da aldeia Sol Nascente, que trabalha a conscientização ambiental com crianças, a água é tão importante que não temos noção sobre o seu grau de importância para a vida. E o agricultor orgânico, Sr. Euclides, no morro da Borrússia, afirmou que os cuidados com as águas parte da sua moradia, onde cuida com muito orgulho da nascente que brota na sua propriedade e que irriga com qualidade sua plantação. Esta roda de conversas, coordenada pelo professor Fabiano Marques, contou com a intensa participação do público presente que interagiu com os convidados, proporcionando um debate enriquecedor.
Turismo e Educação -  O Fórum também trouxe outros aspectos associados à água, como a apresentada pelo oceanógrafo Geraldo Medeiros, que relacionou a água com o Ecoturismo e a Educação Ambiental.  “Não há como excluir a água de qualquer ação ambiental que se faça”, afirmou.  Geraldo expos em sua palestra sobre a experiência no Espaço Mar, em Torres, e o trabalho que desenvolve com escolas e turistas no projeto Caminhada na Via Costeira. Nesse roteiro, coletam elementos marinhos e depois conversam sobre suas funções e importâncias, sensibilizando os participantes para a conscientização ambiental.
O evento finalizou com a apresentação de alguns projetos socioambientais que vem sendo realizados em diversas localidades do litoral. Oportunidade que o público teve para trocas de experiências, conhecimentos sobre as dificuldades e os sucessos no desenvolvimento de ações de educação ambiental e pesquisas.  Veja no quadro os projetos apresentados:
 
Nome do projeto/Banner
Escola/Entidade
Apresentadores/autores
Fluir
Escola Baréa de Três Cachoeiras
Simone Machado
Os Bichos do Seu Bastos – Anfíbios e Répteis do RS
UFRGS/Sala Verde (Biblioteca Pública de Osório)
Vinícius Yuri Ferri
Cores e Corantes
Escola Rural/Osório
Andressa kichler, Maria Luísa Tondo e Murilo Escobar
Construindo e Praticando Conhecimento
EEEF Reinaldo Vaccari- Imbé
Fernanda Teixeira dos Santos
Experimento de Germinação Psidium Cattleyanum – araçá amarelo (Mirtaceae) submetidoa diversas condições de luminosidade e irrigação
FACOS – Osório
Lucila Rocha e Morgana Flores Bobsin
Oficina de culinária e agroecologia para fortalecimento da educação alimentar e ambiental nas escolas
ANAMA - Maquiné
Valéria Bastos
 
Educação para a sustentabilidade: uma abordagem interdisciplinar
IFRS – Campus Osório
Bárbara Dariva e Stefany D. Machado
Decomposição dos polímeros por meio de bactérias
Escola Rural – Osório
Kelly Evangelista, Nicole Matos e Laís Genro
Proibido não Tocar
Escola Rural – Osório
Roberta Silva, Murilo Coelho e Renan Brum
Microorganismos no Sistema de Conversão
Escola Rural – Osório
Ramon Costa, Bruna Airoldi e Artur Machado

 Simone Moro – Assessora de Imprensa
rededeealn@gmail.com




 

Nenhum comentário: